Carência de anestesiologistas está a colocar produção cirúrgica do CHTMAD em cheque.
Cerca de 30% das cirurgias programadas no Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (CHTMAD) estão a ser adiadas todas as semanas por falta de anestesiologistas. A situação só não é mais dramática graças ao espírito de sacrifício dos profissionais de saúde que têm impedido este hospital de colapsar, pois continuam a cumprir mais horas de serviço do que as impostas pela lei. A denúncia pública foi conhecida após a visita realizada pelo CRNOM e pelo SIM Norte ao CHTMAD.
Participaram na visita, pela Ordem dos Médicos, Margarida Faria, António Oliveira, Rui Capucho e Miguel Guimarães, e pelo Sindicato Independente dos Médicos, Manuela Dias.
"O Ministério da Saúde tem de olhar para esta região, para as suas debilidades e reforçar o capital humano desta unidade. Não podem existir doentes de primeira e segunda categoria no SNS e isso só será evitado com a contratação de mais profissionais de saúde. É uma questão de prioridades e de escolhas por parte dos responsáveis políticos", asseveraram os dirigentes do CRNOM e do SIM Norte. Que explicam "idealmente seriam necessários mais 32 anestesiologistas para assegurar o normal funcionamento do serviço e, no imediato 14 para que não sejam suspensas mais actividades".
Para lá de Anestesiologia, existem ainda insuficiências a vários níveis, envolvendo especialidades como Urologia, Ortopedia, Medicina Interna e Cirurgia Geral, entre outras que neste momento estão a ser analisadas. Por exemplo, em Urologia faltam cinco especialistas e vários outros especialistas em Medicina Interna, Ortopedia e Cirurgia Geral, o que está a ter reflexos directos nos cuidados assistenciais prestados, nomeadamente ao nível do serviço de urgência e dos tempos de espera para consulta e cirurgia.
+ ouvir reportagem

Veja ainda: Porto Canal + TVI + RTP + Diário de Notícias + Jornal de Notícias + Antena 1 + Rádio Renascença + Jornal do Centro + A Voz de Trás-os-Montes + Diário de Trás-os-Montes + Tempo Medicina

CRNOMCRNOMSNS
SNS: Onde estão os profissionais a mais?
Em artigo de opinião no jornal Público, Miguel Guimarães frisa que "se no entender da ACSS existem unidades hospitalares com profissionais de Saúde a mais é necessário identificá-los e com carácter de urgência". + ler mais…
CRNOM explica apoios dos laboratórios
O presidente do CRNOM diz que o Estado está a ser substituído pela indústria farmacêutica no apoio à investigação clínica e formação contínua dos médicos. Ao Porto Canal Miguel Guimarães explica a diferença entre valores pagos e recebidos declarados ao Infarmed. + ler mais…
Miguel Guimarães contra excesso de vagas
O presidente do Conselho Regional do Norte considera um mau contributo para a formação pré-graduada em Portugal a abertura de quase 1800 vagas para Medicina. Miguel Guimarães propõe a extinção do contingente especial de 15% de vagas para licenciados. + ler mais…
InfoAgendaAgenda
Médicos da CMLP reúnem na SRNOM
A Comunidade Médica de Língua Portuguesa realiza a 1 e 2 de Setembro o seu VII Congresso. A SRNOM acolhe esta oportunidade para uma troca de experiências, bem como para reflectir sobre a importância da língua e da formação pós-graduada na Medicina dos vários países da CMLP.
+ ler mais…
Maria M. Fernandes expõe na Ordem
A Secção Regional do Norte recebe até ao próximo dia 19 de Agosto a exposição de pintura de Maria M. Fernandes. Os quadros estarão patentes nos espaços do Bar e Corredores do Centro de Cultura e Congressos. Aproveite as férias e venha visitar-nos. + ler mais…
Alterações na renovação da Cédula
Terminado o protocolo com o Santander Totta, a Ordem dos Médicos assumiu o processo de substituição e renovação das cédulas profissionais. A partir de 18 de Agosto os procedimentos passam a ser realizados nos Serviços Administrativos da Secção Regional do Norte e nas respetivas Sub-regiões. + ler mais…
NortemedicoTwitter FacebookVimeo

Se não pretender receber mais informações da SRNOM por email, clique aqui. Esta mensagem é enviada automaticamente. Utilize os nossos contactos para qualquer esclarecimento ou mais informações.© SRNOM 2016