Reforço do capital humano no SNS irá contribuir para preservar relação médico-doente.
A Comunidade Médica de Língua Portuguesa reúne nos próximos dias 1 e 2 de Setembro no Porto, nas instalações da SRNOM, num congresso que Miguel Guimarães considera "uma oportunidade histórica para estreitar laços". "Em Novembro passado, com a assinatura da Declaração do Porto, abrimos portas a um fortalecimento das relações entre as comunidades médicas lusófonas que integram a CMLP. No VII Congresso da CMLP teremos um momento único para fortalecer a cooperação entre os vários países, para estreitar a partilha de conhecimentos e reforçar os laços no apoio à formação médica nestes países", salientou o presidente do Conselho Regional do Norte da Ordem dos Médicos (CRNOM).
No âmbito de um protocolo assinado em 2005, os médicos licenciados em Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe podem obter autorizações especiais para a realização de estágios profissionais em Portugal, sem concessão do grau de especialista, como forma de reforçar a sua formação pós-graduada. Miguel Guimarães recorda que "a Declaração do Porto, assinada durante o XVIII Congresso Nacional de Medicina, estabeleceu vários procedimentos obrigatórios para o acesso ao estágio profissional, de forma a proteger não só a qualidade da formação pós-graduada, como também assegurar que são prestados aos utentes os melhores cuidados de saúde". "É tempo de agilizar estes protocolos de cooperação, sem esquecer as responsabilidades que a Ordem tem, nomeadamente na garantia de idoneidade das unidades hospitalares e de saúde do SNS que podem acolher estes estágios", frisa.
Durante dois dias, a Secção Regional do Norte da Ordem dos Médicos vai receber médicos de vários países lusófonos. Confirmadas estão já as presenças dos bastonários da Ordem dos Médicos de Moçambique, de Angola, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe e Guiné-Bissau, bem como representantes de associações médicas do Brasil, Moçambique, Macau, Timor e Venezuela. Confirmada está também a presença de um representante do Ministério da Saúde Pública da Guiné-Bissau e do Director Geral da Saúde de Portugal.
"Este é um congresso que tem todos os ingredientes para ser histórico e, no que depende do Conselho Regional do Norte, tudo faremos para que a CMLP realize um evento que permita trilhar novos e melhores caminhos na cooperação médica dentro do espaço lusófono".
José Manuel Pavão, secretário-geral da CMLP, considera que "esta é também uma oportunidade para reflectir sobre a importância da língua que nos une e até onde ela nos pode levar". Indica também que "assuntos tão relevantes como a formação pós-graduada e a livre circulação estão na nossa mente à espera de decisões consensuais e globais”.
+ ler mais…

Veja ainda: Just News + Programa do VII CMLP

TempoConcursoSNS
SNS necessita de mais capital humano
O CRNOM e o SIM Norte criticam o Ministério da Saúde, que prefere recorrer a empresas prestadoras de serviços médicos em vez de reforçar o capital humano do SNS. "É preciso dignificar e respeitar os profissionais de saúde, melhorar as condições de trabalho, valorizar o trabalho médico segundo o nível de responsabilidade na sociedade civil, revitalizar a Carreira Médica, apostar seriamente no SNS", frisa o comunicado conjunto. + ler mais…
BURNOUT: como proteger os médicos?
Em artigo de opinião publicado no Observador, Miguel Guimarães recorda que a exaustão potencia o erro médico e, no limite, um profissional em situação de burnout é obrigado a suspender a actividade clínica. Num sistema como o SNS a inacção política será então desastrosa. "Num mundo cada vez mais conectado em formato virtual e informático, é emergente voltar à essência da profissão, humanizar a Medicina", refere o presidente do CRNOM. + ler mais…
Médicos com excesso de consultas
Em entrevista ao Diário de Notícias, o presidente do CRNOM comentou os atrasos no acesso dos utentes ao SNS e as dificuldades que os médicos têm em cumprir os tempos de resposta. "Os médicos que trabalham nos hospitais estão a ver mais doentes do que deviam. Os tempos de consulta estão muito curtos e o sistema está no limite. Estão a impor um número de consultas que os médicos têm muita dificuldade em cumprir, o que também aumenta possibilidade de erro". + ler mais…
InfoInfoAgenda
Prémio Banco Carregosa/SRNOM
O Conselho Regional do Norte da Ordem dos Médicos realiza no próximo dia 22
de Setembro a cerimónia de entrega do Prémio Banco Carregosa/SRNOM. Uma
distinção que visa promover a investigação clínica em Portugal, com um
prémio global de 25 mil euros.

+ ler mais…
SRNOM expõe pintura contemporânea
Está patente até ao próximo dia 17 de Setembro a Exposição Colectiva de Pintores Contemporâneos, com a presença de obras de 80 artistas de Angola, Reino Unido, Moçambique, Portugal, Brasil, Ucrânia, Espanha e Itália. Visite a Galeria da SRNOM e veja estas belas obras de arte. + ler mais…
Fique em forma na SRNOM
Os médicos inscritos na Secção Regional do Norte podem usufruir do ginásio existente no Centro Convívio – Casa Luz Soriano. Os interessados podem participar nas aulas de Exercício Funcional ou recorrer ao Personal Training para melhorar a sua forma física. + ler mais…
NortemedicoTwitter FacebookVimeo

Se não pretender receber mais informações da SRNOM por email, clique aqui. Esta mensagem é enviada automaticamente. Utilize os nossos contactos para qualquer esclarecimento ou mais informações.© SRNOM 2016